Governo determina que mineradoras acabem com instalações próximas a barragens | TVMACEIO.com Para Dispositivos Conectados

Norma determina que mineradoras desativem até 15 de agosto instalações que fiquem em áreas que possam ser atingidas em caso de rompimento   A Agência Nacional de Mineração (ANM) determinou, através de resolução, que as mineradoras desativem até 15 de a...

noticias, artigos, notas, releases, pautas, tv, opinião, entrevistas, comentários, debate, critica, colunista

Governo determina que mineradoras acabem com instalações próximas a barragens

Publicado por: Editor
18/02/2019 06:09 PM
Divulgação
Divulgação

Norma determina que mineradoras desativem até 15 de agosto instalações que fiquem em áreas que possam ser atingidas em caso de rompimento

 

A Agência Nacional de Mineração (ANM) determinou, através de resolução, que as mineradoras desativem até 15 de agosto deste ano instalações, obras e serviços que fiquem em áreas que possam ser atingidas por rejeitos em caso de rompimento. A determinação foi publicada no Diário Oficial nesta segunda-feira (18) e é válida para todos os tipos de barragens de mineração.

 

Se a norma já estivesse em vigor antes da tragédia em Brumadinho (MG), a Vale não poderia, por exemplo, construir o refeitório dos funcionários em um raio de até 10 quilômetros de distância da barragem. O local foi um dos primeiros a ser atingido pela lama quando houve o rompimento.

 

Segundo a agência reguladora, o país tem atualmente 84 barragens com alteamento a montante, nome dado ao método em que as barreiras de contenção são construídas sobre o rejeito. Desse total, mais da metade (43) são consideradas de alto risco. As barragens da Vale que se romperam em Mariana, em 2015, e em Brumadinho, em janeiro deste ano, foram construídas dessa forma.

 

Em nota, a Agência Nacional de Mineração informou que a nova norma tem objetivo de "salvaguardar a sociedade brasileira de possíveis rupturas destas estruturas, permitindo que a mineração continue tendo um papel vital para o desenvolvimento da sociedade e de tantos municípios mineradores no país".

Imagens de notícias

Tags:

Compartilhar