Maceió ganha 12 hotéis e mais de 2.700 leitos em menos de quatro anos | TVMACEIO.com Para Dispositivos Conectados

O prefeito Rui Palmeira entregou, recentemente, alvará para a construção de um novo hotel em Maceió – o Ipioca Beach Residence, do grupo Maceió Mar Empreendimentos. Previsto para ser inaugurado em 2022 na preser...

maceio, saude, educação, prefeitura, governo, transporte, turismo, economia

Maceió ganha 12 hotéis e mais de 2.700 leitos em menos de quatro anos

Publicado por: Editor
17/06/2019 08:14 PM
Divulgação
Divulgação

O prefeito Rui Palmeira entregou, recentemente, alvará para a construção de um novo hotel em Maceió – o Ipioca Beach Residence, do grupo Maceió Mar Empreendimentos. Previsto para ser inaugurado em 2022 na preservada Praia de Ipioca, no Litoral Norte, região onde se concentram outros dois grandes hotéis da mesma categoria, o resort all inclusive de padrão cinco estrelas conta com um investimento em torno de R$ 52 milhões e deve gerar cerca de 800 empregos diretos e indiretos.

 

Com 250 quartos, o empreendimento vai gerar um incremento de 750 leitos na infraestrutura hoteleira local, que atualmente conta com 18.957 leitos, segundo informações do Observatório de Turismo de Maceió, vinculado à Secretaria Municipal de Turismo, Esporte e Lazer (Semtel). De 2015 até este ano, conforme levantamento realizado pelo núcleo de dados turísticos da Semtel, Maceió registrou um aumento de 17,85% no número de leitos na capital alagoana. Os dados mostram que de 2016 até o momento a cidade ganhou mais 2.707 leitos, relativos a 12 hotéis que foram inaugurados durante este período.   

 

Na avaliação do titular da Semtel, Jair Galvão, os números demonstram o aumento da competitividade do destino junto aos turistas, operadoras, agências e investidores. “Maceió é a capital brasileira que mais constrói hotéis e isso reforça a credibilidade de um dos destinos mais procurados do país junto a investidores, agentes de viagem e demais parceiros comerciais. O aumento da oferta da rede hoteleira, considerada a mais moderna do Nordeste, atende a uma demanda de fluxo ascendente ao longo dos anos e impacta diretamente na economia municipal, com a geração de emprego e renda e a movimentação de diversas cadeias produtivas interligadas”, explicou o secretário.  

 

O Ipioca Beach Residente, de acordo com dados da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH) em Alagoas, é um dos cinco confirmados para estarem em pleno funcionamento até 2022. Além do novo resort, estão previstos para compor o parque hoteleiro de Maceió neste período o Ibis Styles, Ibis Budget, Tropicalis Verano e Tropicalis Azumar. Ainda sem previsão de entrega, mas também confirmados para os próximos anos, estão os hotéis Riacho Doce Beach Residence, também no Litoral Norte, com 300 quartos e 756 leitos, mais dois da rede Tropicalis, Amura e Essence, e o Brisa padrão cinco estrelas.

 

Novo resort em Ipioca deve gerar cerca de 800 empregos diretos e indiretos (Foto: Divulgação/MME Hotéis)

 

“Com o alvará em mãos, vamos nos mexer para que em dois meses a obra comece de fato. Por estar inserido em uma Área de Proteção Ambiental, o que importante por ser uma garantia de perpetuidade da proteção ambiental, o resort será integrado à natureza, com uma arquitetura leve e em sintonia com o Nordeste. Com o investimento da Prefeitura no local, temos confiança de que a região crescerá de forma sustentável, com resultados muito positivos para o turismo”, revelou um dos proprietários do empreendimento e presidente da ABIH em Alagoas, Milton Vasconcelos.

 

Investimento no Litoral Norte

Durante assinatura do termo de fomento entre a Prefeitura de Maceió, por meio da Semtel, e a ABIH em Alagoas, na última sexta-feira (14), quando foi realizada a entrega simbólica do alvará para construção do Ipioca Beach Residente, o prefeito Rui Palmeira anunciou um investimento de R$ 50 milhões no Litoral Norte, região onde se instalará o resort.

 

Ipioca Beach Residence estará em pleno funcionamento em 2022 (Foto: Divulgação/MME Hotéis)

 

O recurso faz parte do contrato de empréstimo no valor de US$ 70 milhões (cerca de R$ 270 milhões) entre o Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF) e o Município, firmado no ano passado. Por meio do Programa Revitaliza Maceió, o financiamento será utilizado em saneamento básico e requalificação urbana em diversos locais da cidade. No Litoral Norte, parte da verba será utilizada para fazer o saneamento básico e pavimentação das ruas em Ipioca e demais bairros da região, como Garça Torta, Riacho Doce, Sahuaçuí e Sereia.

 

“É um investimento de grande relevância para a cidade, que vai possibilitar muitas melhorias na infraestrutura e na qualidade de vida das pessoas em diversos bairros de Maceió”, disse o prefeito.

 

Ainda pouco explorado pelo setor turístico, Ipioca é um bairro com diversos atrativos naturais, culturais e gastronômicos – terra de Marechal Floriano Peixoto e do mar mais azul turquesa da capital. Com o investimento, de acordo com o secretário Jair Galvão, a localidade será um ambiente ainda mais favorável para receber empreendimentos hoteleiros similares ao Ipioca Beach Resort e se tornar um dos principais polos turísticos de Maceió.

 

“O novo resort em Ipioca, instalado em uma área pouco explorada com mais de 20 quilômetros de praias preservadas, sinaliza o desenvolvimento de uma nova Maceió turística, com mais emprego e renda. A região do Litoral Norte é estratégica para o desenvolvimento do setor e os investimentos da Prefeitura, a exemplo do financiamento para o Revitaliza Maceió e da Via Litorânea Norte, são fundamentais para alavancar as potencialidades de um novo polo turístico no destino”, destacou Galvão. 

 

Por meio da Semtel, a Prefeitura também desempenha um trabalho de diagnóstico turístico no bairro, um Plano Especial de Desenvolvimento do Turismo da Subrregião de Ipioca, que está em fase inicial. O documento, que será construído com a participação dos diversos atores do segmento, deve traçar um levantamento das potencialidades e principais necessidades da região, que nortearão as ações direcionadas para a melhoria das atividades turísticas.

 

Por Bárbara Pacheco/ Ascom Semtel

Imagens de notícias

Tags:

Compartilhar

Vídeos relacionados