Coronavírus pode chegar pelo mar? Ministério da Saúde vai vigiar! | TVMACEIO.com Televisão via Internet

Profissionais estão preparados para proteger a saúde de passageiros e tripulantes de navios de cruzeiro e da população, lidando com avaliação de casos nos pontos de entrada do Brasil e nas unidades de saúde   O Brasil tem se mantido vigilante, mesmo se...

corrupção, conduta, comportamento, desvio, furto, furtado, roubado, documentário, reportagem

Coronavírus pode chegar pelo mar? Ministério da Saúde vai vigiar!

Publicado por: Editor
27/02/2020 06:14 PM
Agencia Brasil
Agencia Brasil

Profissionais estão preparados para proteger a saúde de passageiros e tripulantes de navios de cruzeiro e da população, lidando com avaliação de casos nos pontos de entrada do Brasil e nas unidades de saúde

 

O Brasil tem se mantido vigilante, mesmo sem confirmação de casos de infecção no país pelo novo coronavírus (Covid-19). Dentre as ações de vigilância do Ministério da Saúde e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), estão as orientações para os navios de cruzeiro, que atracaram na costa brasileira, especialmente no período do Carnaval. Se por um lado, a informação de que não existe circulação do novo coronavírus no Brasil tranquiliza a população, por outro, há necessidade de manter cuidados básicos de higiene neste pos carnaval e ao longo do ano.

 

E agora a atenção deve ser redobrada não só para os navios que vêm da China, mas também para outros sete países que foram incluídos, pelo Ministério da Saúde do Brasil como locais que têm gerado preocupação em decorrência da grande quantidade de casos. São eles: Italia, Japão, Coreia do Sul, Coreia do Norte, Singapura, Vietnã, Tailândia e Camboja.

 

No caso de cruzeiros marítimos, alguns procedimentos devem ser adotados para proteger a saúde dos passageiros e tripulantes, pessoal de solo e do público em geral nos portos. O secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Wanderson de Oliveira, lembra que “todos os profissionais estão preparados para lidar com a avaliação de casos, seja na área de entrada ou nas unidades de saúde”.

O Ministério da Saúde e a Anvisa orientam que, em qualquer situação, os trabalhadores de portos, aeroportos e fronteiras devem sempre adotar medidas preventivas, tais como:

  • Frequente higienização das mãos com água e sabonete.
  • Quando as mãos não estiverem visivelmente sujas, pode ser utilizado álcool em gel a 70% para higienizá-las.
  • Utilizar lenço descartável para higiene nasal.
  • Cobrir o nariz e a boca com um lenço de papel quando espirrar ou tossir e jogá-lo no lixo.
  • Evitar tocar olhos, nariz e boca sem que as mãos estejam limpas.
  • Higienizar as mãos após tossir ou espirrar.

Outras orientações

  • Se você, viajante, apresentar sintomas após a saída do navio, procure um serviço de saúde e informe detalhadamente seu histórico de viagem, especialmente nos últimos 14 dias.
  • As autoridades monitoram, rotineiramente, a escala dos navios de cruzeiro que circulam na costa brasileira.
  • Se necessário, o Ministério da Saúde definirá as medidas de saúde adicionais a serem executadas, conforme avaliação.

Imagens de notícias

Tags:

Compartilhar

Vídeos relacionados