lança Banco da Mulher Empreendedora

Publicado por: Editor
29/03/2023 08:18 PM
Exibições: 131
Freepik
Freepik

Beneficiárias poderão comprar equipamentos, máquinas e insumos para investir no próprio negócio

 

A liberdade financeira e o empoderamento feminino são mecanismos de combate à violência contra a mulher graças ao lançamento do Banco da Mulher Empreendedora feito pelo prefeito de Maceió, JHC, nesta quarta-feira (29). A iniciativa é considerada inédita, histórica e uma das prioridades do gestor. O Banco da Mulher vai conceder auxílio para as mulheres que desejam empreender na capital, e o Município irá destinar R$ 1 milhão para contemplar as maceioenses.

 

Durante o lançamento, que ocorreu no Centro de Maceió, JHC ressaltou que as mulheres precisam de capital de giro para poder empreender e contribuir para a movimentação econômica da capital. O programa para impulsionar as finanças do público feminino conta com a parceria do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas em Alagoas (Sebrae-AL).

 

“O nosso público-alvo são mulheres de baixa renda que querem empreender, mas ainda não conseguiram a trilha para o desenvolvimento da sua vida. Em parceria com o Sebrae vamos fomentar o Banco da Mulher, com valores que dependem do plano de negócio. Nós temos muitas mulheres que ainda são vítimas de violência, que têm sonhos, mas que não têm capital de giro. Então, criamos um ecossistema de empreendedorismo que vai ajudar outros empreendedores e criar essa atmosfera dentro da nossa cidade”, explicou o prefeito de Maceió, JHC.

 

Com o Banco da Mulher, as beneficiárias poderão comprar equipamentos, máquinas e insumos para investir no próprio negócio. Para receber o auxílio, é necessário que a beneficiária se capacite profissionalmente em um dos programas oferecidos pela Prefeitura de Maceió.

 

Após análise do plano de negócio da empreendedora, o valor ofertado pode ser usado para aquisição de ativos ou como capital de giro. O valor do auxílio poderá variar entre R$ 1.200 a R$ 3.600, a depender da avaliação da proposta e necessidade financeira da beneficiária.

 

Para participar do Banco da Mulher Empreendedora de Maceió é preciso ser mulher maior de 18 anos, estar inscrita no Cadastro Único, morar em Maceió e se já tiver empreendimento físico, é preciso que esteja localizado na capital.

 

O programa terá como prioridade mulheres prioritariamente chefes de família e que tenham participado de alguma capacitação profissional da Prefeitura de Maceió. Como explicou a coordenadora do Gabinete de Políticas Públicas para Mulheres, Ana Paula Mendes.

 

“No dia 17 vamos abrir as inscrições que poderão ser feitas pelo site da Prefeitura de Maceió, e vocês só precisam dos documentos pessoais. O edital será lançado dia 5 de abril e vocês já podem ir preparando o plano de negócio. Além das inscrições online, teremos pontos na cidade para tirar dúvidas e ajudar a preencher o formulário. Nós vamos empoderar e resgatar a autoconfiança das mulheres, porque podemos ser o que nós quisermos”, disse.

 

O Banco da Mulher também vai contar com parceria do Sebrae que vai oferecer cursos de empreendedorismo, marketing, finanças, além de realizar a abertura de MEI, prestar apoio às mulheres que precisarem de ajuda para se cadastrar e criar o plano de negócio.

Vídeos da notícia

Imagens da notícia

Tags: